quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Familia e trabalho


Compromissos familiar e profissional, difícil é se esquivar destes convívios, terás sempre de trabalhar e ter família. Este é o ambiente da Terra. É aí que tens a oportunidade de te provar; são estas as maneiras de fazerem-te aflorar tuas imperfeições. Na briga diária do tentar equilibrar-se é que conseguirás conhecer-te. Somente assim logras a melhora íntima. Da dor nasce a virtude, já vens aprendendo isso. A tua resistência é medida em função do quanto persistes em querer manter-te em teus propósitos. Vá sempre de encontro ao amor e a melhora íntima, assim conseguirás ter os resultados que tanto esperas em espírito. Lembra-te sempre que a matéria é ilusória e os prazeres são efêmeros. Apenas com o Orar e Vigiar é que te estruturarás na condição de trabalhador de Cristo.
Fortaleça-te caro amigo. Sabes que podes contar com nossa ajuda, estamos sempre aqui ao teu lado, basta apenas vibrar consoante e perceber que a força que precisas está ao teu alcance.                                                  F.L.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Quedas passionais


Caro amigo, sempre é cativante a atividade com base na caridade. As tarefas que envolvem o trabalho voluntário e altruísta são sempre gratificantes, no entanto, o labor íntimo é muito mais. A reforma íntima, apesar de trabalhosa e dolorida, faz parte da construção fundamental de nosso ser.
Quando te entregas aos devaneios passionais, acabas por te comprometer com atrasos no teu desenvolvimento. Como sempre digo, atraso no desenvolvimento espiritual é perda de tempo e desperdício de oportunidade. Quantos não querem ter em mãos esta possibilidade efetiva de burilar o espírito?
É uma questão a se refletir. O andamento é lento, poderia o ser encarnado ir mais rápido, mas demora-se em enroscos que tem suas raízes no passado. Esforça-te em controlar os desvios de moral. Sabes que não te levam a nada, e ainda te atrapalham no andar de tuas próprias pernas. As forças do alheio, que são contrárias ao aparecimento do Cristo nos corações da humanidade, regozijam-se com estes tropeços. Esforça-te  e não te arrependerás.                           F.L.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Desvio de Percurso


Vimos dizendo pelas mensagens que vos direcionamos, que a vida na matéria não é de gozos para quem busca a salvação. As dificuldades são inerentes ao grau de atraso que a humanidade enfrenta, se tiverdes alguma paciência então conseguirão passar por mais este episódio. A visão enquanto encarnado é limitada e não conseguem ver muito além daquilo que tocam, entretanto o vosso caminho é muito longo. Quando se ingressa na crosta terrestre, submete-se a um corpo físico e experimenta as paixões da carne. Estas sensações, que fazem parte do mundo sensual, vos prendem à matéria. Este apego dita o sucesso ou fracasso de vossos intentos enquanto estudantes do bem. Sabeis que tendes uma doutrina a vos iluminar, e precisam muito estudar.
Tanto quanto insistem para vosso descendente estudar, nós daqui também insistimos para que vos desapegueis e estudem, logrando assim a conquista do vosso conhecimento e sabedoria.
Assim, todo desvio de percurso é atraso. Todo atraso é perda de tempo. Toda perda de tempo é desperdício de encarnação, afinal, quando voltardes para nosso meio, verão o quanto desperdiçastes da sagrada oportunidade. O amor é a vossa meta, a paixão é o vosso estorvo. Desapegai-vos e deslancharão na rota de aprendizado.                      F.L.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Atenção para não cair.

Para quem já reúne avanço no teor da seara, já domina bom conhecimento básico no trato das relações e propósitos entre os planos material e o nosso espiritual, que cuide para não sucumbir em armadilhas. A todo instante será provado, a cada atitude deve refletir para não cair em erro. Perceba o que decorre de um engano! Avalie a turbulência que causa ao corpo emocional quando persegues algo que não frutificará em benefícios. Pois bem, valoroso companheiro, alinhe sempre o teu caminho na senda do mestre nazareno. Sabes bem que o maior objetivo é aprender amar e ensinar a amar; amar e apresentar um comportamento condizente com a boa moral. Isso requer um esforço muito grande e uma dedicação maior ainda.                                  F.L.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

A busca do ouro.


A corrida pelo poder e riqueza nunca dá em nada. A maioria dos homens acaba por deixar de lado a busca de valores que enriquecem a sua alma e se corrompe em sua índole para facilitar a chegada dos benefícios materiais.
Sabe amigo, nunca percebeste que a providência divina nos permite viver apropriadamente conforme nossas provas e expiações? Este é o panorama que acompanha as mentes inquietas. Quando não se está atento ao que Deus pode nos dar, ficamos correndo atrás daquilo que não nos pertence. Podemos conquistar melhores condições de vida e conforto, no entanto, não devemos forçar a realização de nada de que não sejamos merecedores. Os mercadores do Templo representam os que vendem a fé e confiança pelo quinhão material. Trocar a luz íntima pelo brilho do metal é um erro, a primeira luz é própria, a segunda apenas reflete a luz de outra fonte.                                                      F.L.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Intercâmbio

A vontade é a regente da orquestra. Basta querer e agir para que as mudanças ocorram. Trabalhar é um nobre ofício, mas desenvolver-se vai além do trabalho. Sabes muito bem que é necessário grandes doses de aprendizado para se crescer, e isto consegues no estudo de boas obras, na reforma íntima e na dedicação aos teus semelhantes que permutam o ambiente contigo.
Também fundamental se torna o convívio salutar entre os planos, trocando informações e sintonizando com o Bem. Os ambientes material e espiritual são interdependentes e possuem características próprias para desenvolverem-se. O homem de Bem precisa de boas influências e os Espíritos de Luz encontram na matéria o ambiente propício para a caridade e a sua contribuição para o avanço da humanidade.             F.L.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Os outros em nós.

O desconforto com o alheio, inicialmente leva-nos a julgar. Repare que este momento nos coloca em uma situação similar àquela quando estamos em conflito, ou seja, atribuimos para nós as verdades e deixamos os outros em situação de erro.
O julgamento é o inverso do caminho que devemos andar. É por este motivo que te falo; inicialmente pensamos que nós estamos certos e os outros estão errados. Caro amigo, todos estamos inseridos num mesmo contexto e cabe a cada um olhar para si e buscar a melhoria íntima. Se estamos em desconforto com o próximo, e, se estamos num mesmo ambiente de desenvolvimento é porque estagiamos, em geral, na mesma condição íntima. Se então isso é constatado, não te aventas que somos para os outros o mesmo o que os outros são para nós?
A verdade começa a surgir e as falhas e virtudes então despontam-se por todos os cantos. Ninguém é isento do bem e ninguém é isento do mal impondo outra maneira de ver o sistema das coisas e das idtornar mais confortpre estar. Reflita nisso e verás que cabe a ti mesmo o trabalho interior para a busca das virtudes não conquistadas.                                 F.L.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Observar e trabalhar

A vereda da senda espiritual é cheia de surpresas. Defeitos de caráter surgem inicialmente estampados nos outros e posteriormente revelam-se em nós mesmos. Mudanças decorrem do desconforto sentido pela dor de perceber nossa própria penúria. Também incomoda-nos ver as coisas erradas no mundo de nossas relações e, por este motivo, novamente sofremos. As diferenças de personalidades, caráter e condições morais acarretam-nos desconforto emocional, mental e espiritual, no entanto, é material de observação.
Depois de formado  o egoísmo, cada ser puxa pra si o comando das idéias e sistemas, de forma a impor sua forma de ver o mundo e de tornar mais confortável o seu viver. Isso acontece porque ele está mais preocupado com a sua forma de ser. O seu mundo resume-se a sí próprio.
Reservemos o bom senso e façamos a auto-análise. Estudemos nossas características e perdoemos o semelhante encontrado no outro. Veremos que somos muito parecidos e isso ensejará um exercício de crescimento.       F.L.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Pessoas e situações


O orgulho deve ser trabalhado.
As dificuldades de se expor, muitas vezes decorrem do orgulho que se tem de não querer errar. A vida é conquistada com esforços, e isso demanda experiências nos erros e acertos. As pessoas encontram as oportunidades porque as procuram. É sempre assim, quem quer precisa ir atrás. Se não te expuseres, estarás sujeito às situações e pessoas que te buscam, e estas nem sempre te agradam ou nem sempre as percebes.
Caro amigo, serena teus pensamentos e procure não exigir tanto das pessoas e das situações. Como diz o ditado, cada um dá o que tem. Tu não podes esperar algo de quem nada tem para te dar. Espere sim o nada. Persevere e acautele-se um pouco e verás os desdobramentos das tuas expectativas. Perceberás que cada conquista tem a sua hora de chegar. Os acontecimentos existem de acordo com a vontade do Pai e conforme nossos méritos e esforços.                            F.L.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Buscando o equilíbrio

 
Apesar da serenidade ser o resultado de trabalho íntimo muito intensivo, muitos são os recursos para se obtê-la. Dentre estes recursos, pode o trabalhador sincero, apesar de não ser fácil para o neófito compreender isto, contar com um exército de espíritos de luz a ajudar; tamanha é a importância do avanço do Bem sobre a Terra.
O esforço em promover a boa relação com os teus companheiros sociais, seja no reduto doméstico seja no ambiente profissional ou no convívio social entre amigos de doutrina, é exercício fundamental para ensejar as boas companhias de nosso plano. A estabilidade emocional é primordial para a harmonia da vossa casa espiritual. O equilíbrio sempre decorre da harmonia entre o pensar e o sentir, da ordem serena de se manifestar. Cada tentativa de buscar este equilíbrio é uma semente largada na terra fértil de seu canteiro de virtudes.
Valorize o equilíbrio e cultive cada semente germinada no avanço de tua caminhada.    F.L.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Perdoar


Caro amigo, nestes momentos difíceis pelos quais passa, experimenta situações de grave transformação. Aquele que observa a si próprio e realiza a reforma íntima, assiste seus valores caindo em bancarrota. As expectativas espirituais superam os sonhos materiais. Esta transformação dolorida revira tuas entranhas na mudança de teu modo de ser e agir. Apesar de teus apegos sensuais apontarem para uma direção, as tuas convicções se revelam em outra. Debelas-te na aflição da morte de um passado de enganos e constrói uma estrada de boa venturança. Estas mudanças acontecem com os poucos que se provam a segui-las. desta forma, não te enrodilhes no labirinto da blasfemia; teus amigos e pessoas do teu convívio são personagens que nem sempre sabem o que fazem, se te aparecem como obstáculos, saibas que apenas são marionetes de outras inteligências. Tu, em outras ocasiões também já o foi.

Perdoar neste momento é o melhor remédio, encontre forças e doa-te de coração para achar a serenidade. Apenas ela te dará a condição de um passageiro sentado na classe executiva, observando todos os movimentos de forma tranqüila e confiante.      F. L.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Propósitos da vida


Tens de meditar sobre quais são os propósitos da tua vida e segui-los.
Quando não se consegue bons resultados na vida, então algo deve ser mudado. Procure ajuda e vá de encontro aquilo que te sinaliza a melhora. Nosso plano espiritual jamais desaprova que o homem encarnado procure ajuda médica com os profissionais da Terra. Deves então pensar um pouco e tomar uma atitude. Não espere que te digamos o que deve ser feito, porque a vida é tua e não nossa. O irmão que busca o equilíbrio já está no caminho certo.
Levante a cabeça, enfrente os problemas com dignidade e esforço e procure então os caminhos que te aliviarão e te porão novamente na trilha do nosso mestre. Ele te ajudará porque gosta de ti. Quando menos esperares, estarás com bom ânimo novamente e a vida te fluirá melhor.            F.L.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

As leis divinas e os sinais


A natureza, de alguma forma, sinaliza as coisas que estão em desacordo com o programado pelas leis divinas de como viver e conviver em harmonia no universo do Pai. Os desvios são logo sinalizados para que a criatura possa retomar o caminho do acerto. Entretanto, o homem não se apura a entender e saber interpretar estes sinais. Vive concentrado em si mesmo e julga que o mundo gira em torno dele. Ledo engano caro amigo!
 O Mundo Natural, através de suas leis, dita os trâmites de como se avançar em harmonia com o seu semelhante. Viver conforme as leis de Deus é viver com Deus. Quando nos afastamos da trilha do aprendizado do amor então passamos a ficar por nossa conta, ao passo que, se percebermos os conceitos de reforma da moral, estaremos alinhados e amparados no bem. O Pai não quer exterminar a raça humana; lembra desta passagem do Evangelho? É aí que se é dado a oportunidade de se comprazer no bem. Quando andares pela vida, preocupado em aprender amar, assim estará de acordo com o que pede o Mestre Nazareno quando orientou a humanidade a orar e vigiar, amando a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.         F.L.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Construções íntimas


Amigo, não te preocupe com o amanhã. Tente se compenetrar no trabalho que tens hoje; falo do trabalho espiritual. Empenha-te em transpor estes momentos de inércia, te oriente a realizar as pendências que se acumulam. Estas, enquanto não são realizadas, acabam por te entupir a mente. Esforça-te e verás a gratificação invadindo teu coração com novas conquistas. Tudo é em função do empenho que realizas. As construções íntimas surgem do esforço e do trabalho. A colheita é sempre positiva quando obras sobre o amor. Vai em frente que estamos te amparando, não interferimos no teu livre arbítrio, porém inspiramos-te a trilhar o caminho do bem. Siga em frente que por enquanto estamos juntos.                            F.L.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Jesus em nossa vida


A razão baseada na fé raciocinada comanda os nossos atos e mantém a harmonia do Bem entre os que convivem no nosso contexto; a paciência, a humildade, e a clareza dos pensamentos e sentimentos fazem este papel mediador. Tenhamos todos sempre muita atenção ao que anda por nosso pensamento e nosso coração, aí está a decisão de crescer ou não. Neste reduto íntimo de nossa vida, deixe o mestre morar. Dê uma oportunidade ao Bem instalar-se e ditar o rumo do amor. A humanidade depende de cada um de seus elementos, pois, humanidade é expressão de coletivo e coletivo somos todos, e não apenas eu.
Amigos, tenham sempre em mente o bem geral e não se precipitem no despenhadeiro do erro, da falta de vigilância, cultivem a paciência e a humildade. Vamos juntos levar adiante o trabalho desta importantíssima obra, a obra do amor.
Que Jesus esteja no vosso íntimo acompanhando e dando orientações de como Ele deseja que seja o vosso comportamento.                       F.L.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Mente e coração

Do sacrifício pelo amor compreendemos a importância da paciência e da caridade. Possuímos um caminho longo pela frente em termos de aprendizado e com certeza, ninguém na face da Terra reune condições de realizar o mesmo feito do nosso querido mestre, entretanto, cabe a nós, que nos entendemos por cristãos, esforçarmo-nos em controlar o que se passa pelo nosso coração e pela nossa mente. Este é o mínimo que deve fazer aquele que aceita a doutrina de amor como a razão de sua vida.
Falhas ocasionais todos apresentamos, e, em determinados momentos, a combinação entre as nossas e as dos companheiros, pode expor o trabalho dentro da seara crística ao perigo da desunião. Quando isso acontece a obra fica à mercê do alheio.
Portanto, no contexto geral, precisamos delinear nosso comportamento no bem e na caridade. O esforço, para não perder esta trilha, deve ser constante.                F.L.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Sacrifício


Prezado amigo, como sabes, estás inserido num cenário de imaturidade espiritual. Os trabalhos a serem feitos são o de levar adiante a obra no Bem e o de ajudar a humanidade a crescer espiritualmente. Neste programa perceberás que nunca encontrarás o caminho facilitado e terás sempre obstáculos à frente para transpô-los. Este caminho por onde andas, é o mesmo por onde andou o Cristo. Ele dignou-se a humilhar-se para dar o exemplo e deixar sua mensagem através do sacrifício de suas regalias como espírito de luz; nivelou-se com o mais simples ser humano e tomou o sacrifício por obediência ao senso grotesco da justiça local.

Deixou-se imolar, tomou sua cruz e mostrou à humanidade a lição de que devemos carregar os resultados de nossas ações. O Cristo não possuía o peso de erros como nós os temos; o fardo que assumiu foi o nosso próprio em amor à humanidade. É a sublime lição do sacrifício pelo amor.    F.L.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Correntes de orientação IV


Apenas com o amparo de amigos deste plano é que trilharás satisfatoriamente este projeto de divulgação do amor. Os membros do grupo da casa onde estás inserido são importantíssimos. Deves fazer o impossível para conservá-los. Uni-vos em nome de Jesus e trabalhem em harmonia e alinhados à Doutrina Espírita por respeito ao irmão que vos espera.
Tens, na instituição que te recebe, uma tarefa importante e precisas modelar-te em condutas retas para conquistar um exemplo indelével, não pelo poder, mas pelo exemplo de boa moral. Caminhe com passos decididos que estaremos te acompanhando de perto. Irmãos da família espiritual, mentores e guardiões que já conheces muito bem, estarão sempre ao teu lado. E Jesus, logicamente, como não poderia deixar de ser, estará ao teu lado a um simples pensamento, para te apoiar por onde andares.      F.L.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Correntes de orientação III


Caro amigo, as dificuldades devem sempre ser transpostas da melhor forma possível. Quando falamos isso, queremos dizer que devemos sempre apostar no entendimento dentro do grupo. O bom conselho é amigo da harmonia.
Esteja sempre firme e sereno, não te deixes levar pelas emoções. A obra mais importante é aquela em que estamos envolvidos no momento presente. Os trabalhos decorridos até aqui são a semeadura de uma colheita futura, uma preparação. A partir de tuas atitudes conscientes e planejadas no Bem, adquirirás sabedoria moral para intervir mais firmemente nos trabalhos e serás o mediador dos ânimos. Tenhas sempre a convicção de que o amor resulta em benefício próprio e principalmente da coletividade.                                                       F.L.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Correntes de orientação II


As principais tendências que devem existir no grupo espírita são aquelas que caminham em direção ao entendimento, através do exercício do amor, isento do personalismo inócuo. Para isso, é necessário a ordem e o alinhamento de propósitos. A falta de organização dentro do grupo e da casa, trás o precedente da promoção das tendências paralelas que dão sempre um jeito de estabelecer estruturas modificáveis ao prazer daquele que fala mais alto e argumenta em benefício próprio.
Ter experiência na doutrina é ter conhecimento de si próprio. Aquele que busca o entendimento, o faz porque conhece a sua deficiência, e, por outro lado, o que se impõe, nega a sua deficiência. Amar é a linguagem que une. Humildade é o comportamento que aproxima. Perdão é a atitude que valoriza o companheiro e trabalho é a razão de se congregar em equipe.
Amigos, detenham tempo em calar as vozes estranhas que vem de vosso íntimo. São ácidos a corroer as bases de suas construções. Alienam as virtudes que tanto sangue custou para soerguê-las. Infectam a limpidez até então arranjada dentro do coração. Desfazem o esforço de tempos irrecuperáveis.                                                        F.L.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Correntes de orientação I


Dentro da Seara espírita, o trabalhador deve se ter sabedoria para levar o ofício de liderança, mesmo junto aos que já têm grande experiência. Sabes muito bem que o conhecimento aliado à reforma íntima não pode ser submetido à discrepâncias arbitrárias. O autoritarismo sempre é danoso, advém da inabilidade de amar e de se fazer entender. O diálogo é o beneplácito do entendimento. As palavras bem escolhidas e buscadas dentro da mais perfeita razão, sempre suplantam o desacerto das diferenças.
O esforço para ganhar o bom senso vem principalmente da humildade. Virtude esta que nasce do conhecimento de si próprio no exercício natural da vigília. Quem não pratica esta chave não consegue se por no lugar dos outros e não reconhece a igualdade entre os homens.                              F.L.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Preocupações efêmeras

Em falando de ego, as nossas preocupações são efêmeras quando comparadas à lei do amor. A grande parte dos motivos que nos animam estão mais em sintonia com a herança dos reinos precedentes ao do Homem do que aos propósitos de crescimento espiritual através dos aprendizados moral e intelectual. Quando entendemos mais da nossa situação íntima, percebendo nitidamente nossa bagagem espiritual, quedamos para a caridade com o alheio. Estas atitudes são sempre bem acolhidas pela divindade e pelos amigos dos patamares mais elevados que aquele onde nos encontramos. É preciso ter sempre confiança no mestre crístico e trabalhar para melhorar teu interior. As preocupações que nos visitam amiúde, são fragmentos de nossas incertezas e fraquezas. Devem ser tratadas com coerência e trabalhadas com a fé e confiança no nosso propósito de seguir avançando na senda do Bem.

Nossos deslizes decorrem também da falta de dedicação e envolvimento com as lições de amor de nosso mestre Jesus. Sabemos em nosso íntimo da necessidade deste trabalho, embora seja demorado e cansativo. Tem de ser tratado com carinho e dedicação. A convicção de que podemos avançar remanesce da confiança e do discernimento de se pensar sereno. Toda realização repousa na fé e confiança em Deus e no amor ao próximo.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Vigilância e crescimento.

Com o passar do tempo, a pessoa que desenvolve responsabilidades dentro das tarefas do Bem; percebe que a obra em que se envolve é de grande importância.
Não deve aí dar brecha jamais para o alheio de más intenções. E para tal, a vigilância é imprescindível. Tenha sempre confiança no teu esforço e na colheita respectiva. Tudo o que falamos daqui deste lado, seja corroborando a seara crística do Evangelho, seja pelas mensagens transmitidas em oportunidades diversas, vem de encontro à edificação do ser enquanto está a caminho da casa do Pai.

Quem tem expectativas sinceras de crescimento, encontra as respostas na semeadura que faz. Os resultados da vida decorrem sempre da Lei de Causa e Efeito. Dê o melhor de sí e receberás sempre melhores condições de avançar em tua jornada, acredita e confia que te será dado o que tens de direito na medida da misericórdia divina.                         F.L.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Ainda sobre relacionamentos...


Amigos são irmãos unidos pelo amor. Ajudando-nos mutuamente vamos avançando. Se nos isolarmos, como faremos para vencer os obstáculos?
Jesus disse que deveríamos amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Portanto caro amigo, nossa missão é viver em harmonia com as leis divinas e em convívio social. Não cresce aquele que se isola. Não aprende nada se estiver isolado.
Ao mesmo tempo, para o convívio saudável é necessário o cultivo das virtudes que tanto nos fazem falta. Conquistar a luz interna é desenvolver a consciência.
O Reino de Deus é a nossa meta; para lá chegar, precisamos ingressar em grupo, precisamos uns dos outros. A realeza do amor surge quando apreciamos a divindade no irmão.                                                                                               F.L.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Dificuldades interpessoais


Estamos todos no mesmo barco. Uns mais à proa, outros mais à popa. Mas o caminho de encontro ao Pai é mesmo assim. Vamos nos esbarrando uns aos outros e trocando experiências e as vezes farpas. Desentendimentos por vezes acontecem, alguns desatinos podem ferir nossas fraquezas, levando ao sofrimento algo que deve ser mudado. Nestes momentos, a calma nos faz refletir, e por entre linhas resgatamos informações ocultas que são valiosos conselhos de como devemos agir. A dor é proporcional à falta de esclarecimento e à falta de auto controle. Tomamos uma parte do conteúdo para realizar julgamentos precipitados. Vale a pena cultivar a paciência e a calma.

Amigo, não deves te descuidar da tua saúde mental. Os irmãos desencontrados primam em minar a resistência de quem anda no caminho da Seara e daqueles que lhes são caros. Colocam empecilhos nas mínimas coisas para desconcertar os ânimos. Medita e apega-te ao nosso mestre e vacinar-te-á desses males.                                            F.L.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Para os que espalham a Boa Nova


Somos todos imperfeitos. O que diferencia uns dos outros é a perseverança em seus propósitos e o esforço dedicado ao trabalho de superação. Tenha estes dois ingredientes que assim avançarás sem que nada te detenha. Confie, caro amigo. Tens em tuas mãos um trabalho importante, não deixes desandar algo que tanto pediste ao mestre. Vá com coragem ao teu labor e verás ganhar a recompensa na realização das tuas obras. É uma missão importante a que está em tua guarda. Leve a palavra do mestre Jesus aos sedentos de amor.
O sofrimento, que já se esgota na humanidade, deve dar lugar ao amor. E para esta transição é necessário um exército de voluntários que tenham no coração a Boa Nova vivida.                                                                                                                I. X.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Revelações


Aqui em nosso plano, temos um maior panorama para os fatos que entrelaçam-se em vossos destinos, entretanto temos limites para tais revelações inerentes os assuntos que vos dizem respeito. Em muitas ocasiões, revelações calcadas na boa intenção podem levar por água a baixo a construção de melhores situações para vós mesmos.
Por questão de entendimento limitado, podereis interpretar mal ou então, por exemplo, optar por escolhas equivocadas, e assim, desta vez por interferência de nossa parte. As dificuldades fazem parte de vossas provas. Há que se desenvolver as habilidades intelecto-morais de saber discernir entre o bem e o mal. A qualidade dos frutos decorre da qualidade da árvore.                                                                          F.L.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Acerto de contas



Também deverás acertar tuas contas, caro amigo. Dia chegará em que te defrontarás com teus próprios testemunhos, perante a banca do juízo supremo (tua própria consciência), e sentirás o peso das atitudes do passado. Mas teu trabalho, sendo no Bem, torna-se significativo argumento para conseguires melhorar teus aprendizados.
Com uma mente esclarecida, obtém-se a participação mais ativa da essência divina. Com ela, terás redução de tuas expiações, e então, terás mais estrutura de suportar as dores do caminho.
Continue forte na tua caminhada, com teus propósitos e tuas expectativas de futuro na Seara de amor do nosso Mestre Jesus. Ele te amparará em tuas solicitações de acordo com a sinceridade do teu coração.
Amigo, passar a vida presentemente sobre o orbe, já são provações difíceis de se suportar. A resignação frente ao peso do jugo, revela firmeza dos teus propósitos, e, as condições futuras, é você quem as construirá. Tenha fé e confiança que o Mestre te observa.        F.L.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Sacrifícios do dia a dia

Meu amigo. Mantém-te firme. Sabes bem que nas situações conflitantes que por vezes atravessa durante a tua vida, tirarás ensinamentos para teu trabalho íntimo.
Com o acréscimo das dificuldades, aumentam os aprendizados. Se sofres na carne é porque te destinaste a isso; digo isso porque teu caminho é por ti mesmo delineado quando já atingiste um determinado nível de consciência desperta, antes mesmo de te pores a caminho com teus irmãos no orbe. É o sacrifício consciente lavrado por vias de ajustamento com a lei. Cada vez que passa por estas dificuldades melhoras mais as tuas condições de equilíbrio e, por consequência, de apaziguador de teu círculo de convivência.
......
Teus irmãos encontrar-se-ão em seus caminhos também, se já não se encontraram. Terão também dificuldades assim como todas as pessoas que caminham no orbe. Não julgues perdido um ser que também quer melhorar-se. Apenas tens de dar tempo ao tempo. Tente dar tua assistência quando possível, e verás florescer a mão do mestre em voz presente ao coração alheio. Não te sintas responsável pela melhora dos outros, mas sim pela influência amiga através do amor aprendido e externado com carinho. Ajudar sim, levar a carga que a ele compete não!
Cada ser leva sua carga de acordo com o jugo que a ele se destina. Jesus é sábio condutor e não permite que ninguém carregue aquilo que não consiga. Por este critério, dá para todos a livre escolha de suas quitações de acordo com suas capacidades. A maior contribuição que podes dar ao irmão do caminho é ensiná-lo a diferenciar o bem do mal. Para isso tem de construir sua moral sobre bons aprendizados adquiridos nos sacrifícios do dia a dia.                                                                           F.L.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Incertezas


Amigo, se te queimam intimamente as dúvidas que tens a respeito do caminho a seguir, tenha confiança em Deus e logo terás as respostas às tuas expectativas. Sabemos que não é bom viver de maneira insegura, mas, também é bom ter as respostas certas aos anseios por definições. Se estás ainda nesta situação é porque deves passar por este episódio no trajeto de tua vida. Tenhas paciência que tudo se arrumará na maior harmonia possível. Teus calos pedem calma e tua dor logo cederá. Quando trabalhas alinhado ao caminho do amor, sempre conseguirás te realizar conforme tuas esperanças. Nosso mestre Jesus está perto de ti e te apóia nesta empreitada. Confie amigo, pois tudo dará certo. A Seara da vida é curta e deves aproveitar bem o teu tempo de modo a consolidar teus avanços.           I. X.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Paciência e compreensão


Quando já reúnes mais entendimento, deves também concentrar mais paciência e indulgência. Não condene ou julgue as pessoas que vão aparecendo à tua frente pelo caminho, são irmãos que ainda não aprenderam o doce sabor do amor. As agruras da vida já batem forte na vida deles. São almas em desalinho procurando viver com aquilo que lhes é razoável, ou seja, os enganos de que já se acostumaram e os tomam como verdades.    O julgamento é pura falta de caridade.
A expressão do amor também palmilha por estes campos; onde houver desentendimento, levai a luz. Onde houver dor levai a paciência, onde existir o ódio leve o amor.
Apenas com a dose certa de entendimento é que verá de forma lúcida, a intenção das pessoas. Tenha sempre a consciência de que, por trás de um comportamento equivocado, encontrarás uma fonte potencial de amor. É só a questão de mudança de hábitos, e isso requer tempo. Aquele que persiste no erro é porque ainda não entendeu a vantagem de seguir no Bem, na linha harmônica das leis divinas. Somos criados para avançar e realizar nosso íntimo no reino de Deus.                                  F. L.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Trabalho no Bem


Estejam sempre empenhados nos propósitos nobres de elevar a condição daqueles que se encontram em situação aflitiva, levando ajuda e carinho.
O trabalho é nobilíssimo e terão muito amparo. Vosso caminho estará destinado a luzir, e não faltarão esforços do lado de cá para que isto aconteça.
Sejam firmes nos propósitos de fazer o Bem e verão frutificar as vossas ações.
Bem aventurado é aquele que opta por uma vida de dedicação à caridade despretensiosa. Estará eleito pelo Pai a ser um multiplicador de Sua vontade. Granjeará os frutos de suas ações reduzindo sua carga, ganhando entendimento, serenidade e reconhecimento quando do regresso à grande casa.                                 F. L.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Aproveitar a oportunidade da vida.


Apesar de, por vezes, apresentar os passos meio conturbados, ainda assim permanece na Seara de amor do Mestre Jesus. Quando há sincero interesse na busca do Bem, ficamos satisfeitos com o empenho; cada um tem o seu ritmo. Participamos diariamente das tuas decisões, e quando pedes ajuda ali estamos a te acompanhar.
Como sabes, os espíritos do Bem não têm vocação a conselheiros; prezamos o livre arbítrio e não interferimos em tuas decisões, apenas nos acercamo-nos para abrandar as opressões dos agentes do engano, quando este for o teu íntimo interesse. Tuas decisões podem ser bem tomadas, ainda que te envolva no enredo material. Já sabes que a tua vida no orbe é passageira e que teu aprendizado é vinculado à conquista de virtudes. A matéria te dá prazer mas este é efêmero. A busca por este prazer vem tapar um desconforto gerado pela insegurança de estar solitário nesta trilha de ti mesmo dentro do cenário que te acolhe.
Amigo, valorize a proposta que se descortina à tua frente (tua vida), agarre com o coração a direção dos trabalhos na busca do teu crescimento. Amar é o maior aprendizado que podes lograr.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Mensagens de amor


Mensagens fidedignas, trazidas desde o plano espiritual até o vosso conhecimento, compartilham o roteiro de trabalho no Bem de nosso tempo. Sempre são complementos do que já se sabe, pois ninguém aqui inventa nada. Apenas esclarecemos de forma diferente tudo aquilo que já foi passado por Jesus. Palavras deixadas pelo mestre, foram colocadas cuidadosamente devido ao fator época. As lições foram sempre de conteúdo irretocável; porém, o formato das mensagens da Boa Nova, vinha com termos limitados pelo patamar intelectual daquela época. Eis um dos motivos de existir das parábolas. Exemplos apessoados de situações que induziam os ouvintes a interiorizar os ensinamentos.
Hoje as mensagens são mais bem elaboradas. Falam da mesma coisa, mas com teores mais bem enunciados. São as diferenças do tempo... É a melhoria do ser sendo presenteada com os conceitos mais penetrantes sem jamais inventar uma vírgula sequer naquilo que todos sabemos;  o ministério de aprender a amar.                                     F. L.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

A busca do Bem.


Prezado amigo, há sempre um momento na tua vida, seja este no presente, no passado recente ou no passado remoto, em que te deparas com a necessidade de melhorar o teu aspecto espiritual. Determina para daí adiante uma rota de renovação dos teus hábitos, alterando assim a tua postura perante a vida. Reconheces bem o teu caminho e partilhamos contigo das mesmas idéias. Nem sempre os meios de se obter este equilíbrio serão os mesmos, no entanto, o fim sempre o será. Para andares no caminho certo precisarás aceitar o amor como regra básica de harmonia entre teu mundo particular e o mundo externo.
.............
As dimensões onde a vida acontece são diferentes. Por vezes a visão é turva e surge a dúvida, mas posso te afirmar que o que mais importa nas relações entre os planos é o pano de fundo, ou seja, o amor. A aliança no Bem acontece para trilhar o caminho do mestre de amor. Nossos objetivos, que são os nossos propósitos, são de aprender primeiro e depois ensinar nossos irmãos mais necessitados. Sabes muito bem que a caridade é a bandeira de Jesus; que não saiamos deste caminho. Andemos sempre lado a lado fazendo por merecer a proteção do Mestre Nazareno, Ele é a verdade e Ele é o exemplo.                           F. L.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Tranquilize-se


Não te aflijas com as dificuldades que te aparecem no caminho, são normais e passam sempre. A serenidade é a amiga que resolve estes desencontros. Com ela você consegue a clareza para refletir melhor sobre as dúvidas que te acometem o cotidiano. Com a serenidade terás a mente mais calma e o coração mais centrado, basta ter a fé e a confiança de que tudo tende ao melhoramento.
Quando se busca o caminho do aprendizado e do amor, o acerto é fato.                                                                          F.L.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Escolhas da vida


Bem verdade é caro amigo, que as tuas opções mostram os interesses e marcam o teu caminho. É por este motivo que espíritos encarnados atraem seus companheiros afins, ou seja, a lei da afinidade em funcionamento. O bem atrai o bem e o mal atrai o mal. As tuas escolhas atrairão os companheiros afins.
Não esqueças que estás num mundo de provas e expiações. Quando não estás expiando estás sendo provado. Entenda, caro irmão, que para seguir Jesus há que se esforçar muito. No caminho da Seara bendita terás sempre tentações a buscar o teu desvio. E é exatamente nestes momentos que tens de ter muita força para manter teus propósitos vivos. Não descuide jamais desta lição, tenha força para te manteres digno da ajuda do alto. Perceba a importância da tua vida e do compromisso que foi plantado e cultivado por ti mesmo. Deixa-te cair nas mãos de Jesus e segue-o. Leia o Evangelho e pratique-o. Reforce a sintonia com nossos companheiros e sinta a fé e confiança no amor do Cristo e do Pai mudarem a tua vida.                                       F. L.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

A atração da matéria


Prezado amigo, aqui no plano espiritual os acontecimentos são parecidos com o que ocorre na matéria; tudo é uma questão de referencial. Quanto mais evoluído é o ser, mais pode afastar-se do orbe. E quanto mais se afasta do orbe, mais longe dos problemas inerentes à matéria. É lógico que quando estacionamos próximo ao plano físico também sentimos as vibrações características deste vosso plano. Quem está encarnado na Terra, vivencia a atração irresistível das coisas da matéria.
Exemplo disso é a atenção mundial voltada para os eventos do futebol. Os homens fazem deste desporto a atração mais importante de suas vidas, até mesmo do que sua própria evolução; é como se fosse uma prerrogativa para aperfeiçoar-se, jogar bola melhor do que todos.
Percebes o conteúdo do ponto de atenção do povo? A bola é mais importante que Deus e Jesus. Infelizmente o homem cultua na mente os atrativos da matéria, sejam eles quais forem.                  F. L.                             (mensagem recebida na ocasião da última Copa Mundial de Futebol) 

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Frente a maledicência


Frente a maledicência, tens de ter paciência e controle emocional. A tua intervenção nem sempre pode ser benvinda. Depende sempre das pessoas, do local, do assunto e de teu estado íntimo. Como tens noção, cada um tem seus defeitos e tu não foges à regra. O que encontra nos outros também tem em ti mesmo, e não é pelo fato de estar mais consciente das necessidades de atenção ao que passa pelo teu pensamento e coração que terás a autoridade de os colocar em suas posições ou então de reclamar atitudes contra estes desvios de comportamento. Ora, se estás percebendo o que está acontecendo com as pessoas, deves ajudar e não censurar. Muitas vezes o carinho através da paciência vem bem a calhar. A atenção é, nestes momentos, o artifício mais oportuno. Trabalhe para amenizar os impulsos errôneos das pessoas, com preces e orientações quando estas forem oportunas, porém, tenhas a sensibilidade de perceber quando podes ou não as dar. Com o tempo irás perceber melhor este trabalho de orientação aos que necessitam. É dar a eles como dás a ti mesmo. A paciência contigo alimentará o ensejo de teres paciência para com os outros também.                F.L.

quinta-feira, 28 de março de 2013

Vontade sincera


Estando aqui no plano espiritual, temos consciência das vossas dificuldades. Como disse em outras ocasiões, sentiria a mesma dificuldade se estivesse fisicamente aí no orbe terrestre. Entretanto, não posso furtar-me de esclarecê-lo de que os esforços devem ser constantes. Afinal, estamos todos trabalhando para crescermos espiritualmente. Encarnados ou não, a atenção deve sempre ser voltada para Deus e para seu filho, nosso grande mestre de amor, Jesus. Quando precisar de ajuda, aí estaremos para dar o apoio necessário, segundo a sintonia específica do trabalho no Bem.
O esclarecimento premente é adquirido pela vontade sincera de querer mudar-se, e proporcional aos esforços despendidos. Portanto, caro amigo, seja perseverante em teus propósitos e jamais deixe de confiar na divina Providência. Ela está muito mais perto de você do que imaginas.                                F. L.


quinta-feira, 21 de março de 2013

Confiar, orar e vigiar


Uma grande atitude que temos a fazer, de digna e correta é a de entregarmos a nossa alma para Deus e Jesus. Eles garantem o conforto e a segurança de realizarmos nossa caminhada de forma correta e digna. Os sofrimentos são respostas do passado e, como sabes, serão amenizados porquanto empenhares trabalho no Bem.
Por outro lado, se vasculhares o teu mundo particular validando tuas paixões e considerando-as como as verdades da tua vida, então assim, deixas de lado a interferência benéfica da providência divina. Este é o erro de relaxar a prática do orar e vigiar. É como se quiséssemos a todo custo tomar a condução do carro em direção ao abismo. Não confiar é o mesmo que não querer mudar. A confiança é exercício de entrega íntima; no início de maneira cega, e com o passar do tempo, de forma convicta e consciente. Confiar é crer nas leis naturais, é dar voto ao divino Criador. Ser honesto consigo mesmo é conscientizar-se de que se necessita mudar, e, para tal, se precisa orar e vigiar.                                       F.L.

quinta-feira, 14 de março de 2013

Amigos do Bem


Prezados amigos.
Estamos sempre por perto. Sabeis que no mundo espiritual não se conta a distância, não é mesmo? Pois bem, sempre que houverem pessoas interessadas em cultivar o bem e ajudar aos outros, aí estará algum amigo e trabalhador do nosso mestre Jesus. Por estes tempos conturbados, nossas interferências encontram dificuldades devido ao domínio das trevas sobre a humanidade. Embora tenhamos sempre companheiros nas alas do amor, ainda assim está sendo difícil encontrarmos terreno propício para avançar a boa nova pelas áridas terras do materialismo. O egoísmo toma dimensões desproporcionais às necessidades de aprumamento da moral entre os homens. Jamais devemos deixar de trabalhar para a preparação dos campos da caridade entre vós que habitam o orbe. Os tempos são de transição e deveis realizar grandes esforços para contrabalançar as forças que permeiam vosso povo.
Tenhais sempre confiança em nós. Estamos sempre com disposição para dar ensejo ao bem, amparando e protegendo o ser vivente que tem propósitos de aumentar a propagação da vontade divina em direção à melhoria da humanidade.            F. L.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Ao teu lado.


Caro amigo em sofrimento, estamos sempre perto de ti.
As dores que sentes são do processo de amadurecimento. Não penses que estejas andando para trás. Estas sensações pertencem a quem não confia no Senhor. A insegurança enseja a instabilidade, e esta, por sua vez dá proximidade para os espíritos menos íntegros. As brechas abertas pela falta de confiança são portas escancaradas para a obsessão dos irmãos maldosos. Portanto, respire fundo e tenha a certeza de que estamos ao teu lado. O Senhor Jesus jamais desampara aqueles que carregam o projeto de servir na Sua seara. Se te sentes desamparado então abra o Evangelho e leia algumas linhas. O manual de amor consolida a segurança e traz o alívio para os aflitos. É o que desejamos aos amigos do Bem.                                        F.L.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Tempo de amar.


Os anseios de crescimento são inerentes ao ser que quer evoluir. Na centelha divina que carregamos em nosso íntimo, há a predisposição para iniciar a caminhada espiritual. Todavia, tudo tem seu tempo, que no caso, é o tempo necessário para aprender a amar. O processo de se melhorar intimamente é doloroso. Deparas-te com teus próprios defeitos que por conseguinte auferem limites. São estas dificuldades que limitam o teu avanço e geram o descontentamento íntimo. No entanto, caro amigo, tem de reforçar a paciência para contigo mesmo, principalmente para dosar o anseio. A reflexão que dedicas aos assuntos alheios quando percebes as limitações deles, deve reduzir até acabar; cuidar da própria vida é mais importante, deves trabalhar a observação para as que tem em ti mesmo. Os ensinamentos do mestre Jesus devem ser seguidos, mas para serem praticados em sua plenitude leva um tempo, o tempo de se aprender a amar. A satisfação íntima deve estar ligada com a satisfação de ver atendida a necessidade do irmão. Esta premissa faz crescer o amor e ao mesmo tempo faz encurtar o tempo de aprendizado. A realização do ser é o amor em sua plenitude, entendam bem isso.                                 F.L.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

O amor e o tempo


Muito importante é o conceito da imortalidade. Sois eternos, e o tempo, apenas um componente que só existe aí no orbe. Tenham sempre em mente que as coisas da matéria terminam dentro de seu ciclo de existência, e que a qualquer hora isso pode se dar, independente da vossa vontade. O período de tempo em que ficais na matéria, deve ser aproveitado para instruir-vos espiritualmente, pondo em prática os conhecimentos adquiridos pelos anos de estágio nesta e nas vidas pregressas. Tenhais em mente que a vida está associada ao amor, e que o tempo de estágio vai se limitando conforme vais aprendendo a amar. Tempo e amor são inversamente proporcionais, aumentando um diminui o outro.            F.L.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Em harmonia com as leis divinas.


Sabemos que todos passam por momentos intranqüilos. Mas esta é a sina de todos que caminham pela via da humanidade. A dor e o sofrimento, como sabem, é praxe para o crescimento. A vida é representada como as ondas da praia, ora se está bem, ora não tão bem assim.
Para se crescer espiritualmente é preciso seguir as orientações que o Mestre de todos os tempos nos deixou: em primeiro lugar devemos aprender a conhecer as leis que regem o universo; logicamente as que nos ditam a existência. Em segundo, procurar praticá-las de acordo com o manancial de ensinamentos deixados à luz do Espiritismo cristão.
Entendendo estas leis e praticando-as, estarão amando a Deus acima de todas as coisas porque Deus é o regente de todas as leis, e as leis são compostas para brindar o amor pela Criação Universal. Estarão amando ao próximo porque a Criação carece de amparo mútuo. As leis contemplam a vida em conjunto e, apenas com o grupo de todos os reinos em harmonia é que avançamos na direção do Pai. Entendendo que a necessidade do irmão é a sua própria necessidade, acalentarão assim, a satisfação de todo o conjunto. Fazei aos outros o mesmo que gostaríes para vós próprios.                                            F.L.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Continuando o trabalho


Amigo, o teu aprendizado é importante para ti e para os que puderem te ouvir e se servirem de teus aprendizados. Tenhas firme o compromisso de seguir os passos de Jesus e serás recompensado depois. As tuas escolhas aqui são passageiras, assim como a tua presente existência. Apenas as tuas obras são proporcionais ao que tu consegues carregar para depois da transição à pátria espiritual.
Não vacile, esforça-te e busque tua melhoria íntima através do orar e vigiar e do estudo construtivo. Verás que valerá a pena dedicar-te a uma existência de regeneração. Encontras-te em patamar adiantado, pois se já te dedicas a explorar os valores indeléveis, é porque te aponta o amadurecimento. Tens também de fazer jus ao cabedal de conhecimentos adquiridos em tuas passagens anteriores. Vai à luta e carregue este compromisso a fio, juntamente com os teus companheiros de ideais. Eles te ajudarão a formar novos colaboradores com o quilate de um neófito que encontra a razão de suas apostas nesta terra de provas e expiações. Trabalhe arduamente sem descanso e colherás os frutos do teu esforço.                                                              Jésus Gonçalves

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Padrão vibratório



Amigo, aprofunde o teu aprendizado e reforce o Orar e Vigiar. Não permita que caia o teu padrão vibratório, este te dá a sintonia e te facilita o entendimento com aqueles que te circundam. Perceba bem que existem muitas criaturas a compartilhar o teu espaço; nunca estás a sós. Vá de encontro com os ensinamentos do Mestre e faça destes, a baliza do teu comportamento. Assim, seleciona naturalmente as tuas companhias
Os instantes de silêncio proporcionam sintonia espiritual. Com a meditação e a proximidade de bons espíritos melhora o teu avanço na conquista de valores morais apregoados por Jesus, a doutrina do amor. Fortaleça-te nela e perceberá o padrão de quem estará contigo em todos os momentos.                     F.L.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Ajuda fraterna.


A tua jornada é de ajudar e ser ajudado. Seja qual for a amplitude de atuação, desde o exemplo no lar até uma iniciativa social ao irmão alheio, isso se considera uma ajuda. Ajudar significa dar a prestatividade necessária para alguém necessitado, com a intenção de acrescentar valor ou condições de melhoria. Estas ajudas acontecem de diversas formas, mas para todas elas, é preciso proporcionar o bem estar. Se não operas as mudanças em ti, como a fará nos outros? Quando te propões a trabalhar para o Cristo deves estar consciente que pertences a um grupo com grandes necessidades, assim como tu. Buscar a tua satisfação enquanto criatura do universo divino é condição primordial para aprenderes a acrescentares valores aos outros. Rejeitar as companhias que estão no teu contexo é isolar-se em experiência solitária. Deixar para trás as pessoas que não toleras é não tolerar-se a si próprio.
Raciocine caro amigo, o reajuste não é individual. Também não ocupas um trono onde pensas estar acima de todos. Não; somos todos iguais e precisamos uns dos outros. A caridade é de duas vias, doar e receber. Cultivando o amor em tuas atitudes, palavras e pensamentos, conseguirás proporcionar a ajuda que tanto almejas para servir aos outros.
 A amizade é um prêmio pelo aprendizado que tens quando sabes te entender.
F.L.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Ser indulgente


Caro amigo, como ousas julgar as pessoas? Como esperas que sejam as pessoas que estão na Terra? O que pensas encontrar em um grupo de aprendizes que mal sabe o que fazer com seus pensamentos e sentimentos? Não sabes tu que há bem pouco tempo atrás eras até pior? Não percebes em ti a batalha que travas diariamente com teu íntimo? Será que estás esperando alguém que se assemelhe com o jeito que queres te encontrar num futuro que ainda não sabes quando?

Ter paciência é saber conviver.

Ser indulgente é aceitar sem julgar.

Ser caridoso é ajudar sem exigir.      F.L.